SOLTA O SOM: Música durante o treino ajuda?

Aquela playlist prejudica ou auxilia o seu desempenho?

A música é um veículo usado para expressar sentimentos, uma forma de arte que combina ritmo, harmonia e melodia de maneira agradável aos ouvidos. Ela está presente em muitos momentos, ligamos o som para animar o dia, descontrair ou até mesmo para curtir uma fossa.

Algumas linhas de pensamento utilizam a música de forma terapêutica, seguindo essa idéia neurocientistas da organização britânica Mindlab fizeram um estudo com uma playlist capaz de diminuir os níveis de ansiedade e o resultado foi uma diminuição de 65% durante a execução de uma das faixas selecionadas. E como a música se relaciona com a atividade física?

Esse é um tema um pouco controverso. Enquanto muitos usam música para estimular, descontrair e relaxar na hora do treino, alguns acreditam que ela pode atrapalhar. Existem relatos de personal trainers de que o som pode alterar o controle de seus alunos sobre o ritmo, frequência cardíaca e respiração durante treinos de corrida.

Em minha formação de Pilates meu instrutor revelou trabalhar sem música em suas aulas para que o aluno não se distraia com a letra ou a melodia e se mantenha concentrado. Eu particularmente também prefiro trabalhar sem música nas minhas aulas, especialmente quando os alunos são iniciantes no Pilates. Mas isso não é regra, a princípio é preciso assimilar informações como ativação do power house, respiração, controle e fluidez de movimento e contagem de repetições, o que pode ser um pouco confuso nas primeiras aulas.

Mas é claro, a música deixa o ambiente mais gostoso, acredito que seja uma questão de feeling, uma vez que meus alunos assimilam as informações necessárias para o exercício, começo colocando uma playlist com músicas suaves, em som ambiente o que ajuda a deixar as preocupações e agitação do dia a dia fora da sala de Pilates, sempre buscando mantê-los concentrados e presentes.

A música altera nosso humor, aumenta a disposição e desvia o foco do cansaço e repetição dos exercícios, mas pensar no movimento e executá-lo de forma correta previne lesões e aumenta o rendimento da atividade física. Então ligue som e treine com prazer, sem esquecer da concentração durante o exercício.